Pesquisa
Acesso
Login:
Senha:


Liturgia escolar na Idade Moderna (A)
Autor: Carlota Boto
Editora: Papirus Editora
Edição: 01
Área: Educação
Coleção: Catálogo geral
Código: 9788544902424
ISBN: 978-85-449-0242-4
Lançamento: 08/06/2017
Ano 1ª Edição: 2017
Acabamento: Colado e costurado
Encadernação: Brochura
Nº Páginas: 320
Orelha: Sim
Público Alvo: Aos que trabalham com o ensino da história da educação e a estudantes de cursos de Pedagogia e especializações várias no campo da educação.
Preço de Capa: R$ 59,90
Peso (Kilos): 0,47

Sinopse

Identificar como o discurso pedagógico dos séculos XVI e XVII teve correspondência em práticas educacionais desenvolvidas pelas escolas e pelos colégios da época – eis o objetivo deste livro. Aqui, a autora busca compreender o discurso humanista sobre a educação e o impacto que a Reforma protestante teve no debate pedagógico. Os regulamentos de colégios jesuíticos e escolas lassalianas davam a ver uma dimensão prática da questão educativa, o que contribuiu para estruturar um dado "modelo escolar", tanto em relação aos princípios pedagógicos declarados, quanto aos métodos utilizados.
A obra é destinada a todos os que trabalham com o ensino e a pesquisa em educação, a estudantes e professores de cursos de Pedagogia, como sugestão de temas e de problemas de uma história importante de ser reconstituída.

Sumário

PREFÁCIO: A CONSTITUIÇÃO DA "CIVILIZAÇÃO ESCOLAR"

INTRODUÇÃO

1. O LIVRO IMPRESSO: ENTRE A INFÂNCIA E A ESCOLA
A era moderna: Argumentos
O Renascimento como pedagogia da cultura
Os humanistas e a cultura do ornamento letrado
A cultura escrita no ambiente iletrado
Do mundo universitário para a vida dos colégios
As primeiras letras nas escolas de mestres livres
Os modernos sentidos da infância
A criança de Erasmo: Entre a índole e a pedagogia
A moderna sociedade e a pedagogia da civilidade
A ritualização da pedagogia civilizadora
Cultura letrada e racionalização de costumes

2. O PROCESSO CIVILIZADOR DE UMA CULTURA POR ESCOLAS
Cultura e boas maneiras: O modo de ser humanista
Alfabetização visual e escrita na Renascença
Montaigne e a escrita da educação
A civilidade pueril de Erasmo
O moderno Estado-nação e a racionalidade do agir
Tratados de civilidade e a formação da puerícia
O Estado e a civilização do livro
A racionalidade "civilizada" e o domínio da afeição
A Reforma protestante e a escolarização
A predestinação calvinista e a ética protestante
No protestantismo, a educação da leitura
A escola catequética do mundo protestante
Educação calvinista: Predestinação, ascetismo e trabalho
Princípios religiosos de uma instrução universal

3. CONHECIMENTO, CONTEÚDO E MÉTODO DE ENSINO NA IDADE MODERNA: TESTEMUNHOS
A civilização do livro passa a regular costumes
Juan Luis Vives e a educação no colégio
Sobre a pedagogia infantil
Alunos e matérias como objetos do conhecimento
A educação na forma de diálogo
A exposição do professor e as anotações dos alunos

4. RUMOS DA TRADIÇÃO: O PENSAMENTO PEDAGÓGICO DO SÉCULO XVII
Ratke e o método da arte de ensinar
Comenius: O discurso do método chega à escola
Comenius, sobre a Reforma protestante, retomando Ratke
Comenius: O que seria ensinado ao aluno?
A educação de Comenius na construção da escola moderna

5. A CIVILIZAÇÃO ESCOLAR TEM A FORMA DE COLÉGIO
Das universidades aos colégios
A estrutura educativa colegial
Histórico da proposta catequética dos jesuítas
A ação pedagógica da Companhia de Jesus
Civilização de maneiras e racionalidade colegial
O império dos jesuítas na formação dos escolares
História do Ratio Studiorum: Colégios e práticas
O Ratio Studiorum jesuítico: Código educativo

6. RASTROS E FRESTAS DA CIVILIZAÇÃO ESCOLAR
As escolas lassalianas e a educação popular
As regras de La Salle, o silêncio e os sinais
A vigilância, a conduta e os registros escritos
Vícios, castigos e correções
Cotidiano escolar e formação de novos professores
A escola tradicional como forma escolar de socialização
Algumas aproximações teóricas

CONSIDERAÇÕES FINAIS

BIBLIOGRAFIA

.