Pesquisa
Acesso
Login:
Senha:


Teoria do cinema: Uma introdução através dos sentidos
Autor: Thomas Elsaesser / Malte Hagener
Editora: Papirus Editora
Edição: 01
Área: Artes
Coleção: Campo imagético
Código: 9788544902875
ISBN: 978-85-449-0287-5
Lançamento: 04/10/2018
Ano 1ª Edição: 2018
Acabamento: Colado e costurado
Encadernação: Brochura
Nº Páginas: 272
Orelha: Sim
Público Alvo:
Preço de Capa: R$ 69.90
Peso (Kilos): 0.40

Sinopse

Qual é a relação entre cinema e espectador? Essa é a questão fundamental para a teoria do cinema, que Thomas Elsaesser e Malte Hagener colocam no centro deste livro esclarecedor e envolvente.
Todo tipo de cinema (e toda teoria do cinema) primeiro imagina um espectador ideal e, então, mapeia determinadas interações dinâmicas entre a tela e a mente, o corpo e os sentidos do espectador. Usando sete configurações distintas de espectador e tela, que passam progressivamente de relações "exteriores" para relações "interiores", os autores rememoram os estágios mais importantes da teoria do cinema, desde os primórdios até o presente – das teorias neorrealista e modernista às teorias psicanalítica, do "dispositivo", fenomenológica e cognitiva, incluindo interseções recentes com a filosofia e a neurologia.
O livro também discute filmes contemporâneos, como Ela e Gravidade, e traz ainda um capítulo que situa a teoria do cinema em plena era digital.


Referência por sua abordagem inovadora, este livro trabalha o horizonte conceitual do audiovisual através da gravidade que os filmes impõem na recepção. Obras-chave foram escolhidas para repercutir uma densa rede conceitual, com raiz nos principais pensadores do cinema nos séculos XX e XXI. Trata-se de reflexão atual que tem a singularidade de trabalhar com filmes recentes e clássicos. Advoga a simultaneidade de formas estilísticas e pensamento, negando qualquer tipo de flecha teleológica evolucionista. Para tal, os autores fazem uma espécie de mapeamento do que seria um corpo fílmico, mostrando sua superfície sensorial e suas faculdades perceptivas, táteis ou sensório-motoras. São elas que constelam, na história, "muitos pontos de contato do cinema com os sentidos humanos e o corpo do espectador".
Fernão Pessoa Ramos

Sumário

INTRODUÇÃO: A TEORIA DO CINEMA, O CINEMA, O CORPO E OS SENTIDOS

1. O CINEMA COMO JANELA E MOLDURA

2. O CINEMA COMO PORTA: A TELA E O LIMIAR

3. O CINEMA COMO ESPELHO: O ROSTO E O CLOSE-UP

4. O CINEMA COMO OLHO: A VISÃO E O OLHAR

5. O CINEMA COMO PELE: O CORPO E O TOQUE

6. O CINEMA COMO OUVIDO: A ACÚSTICA E O ESPAÇO

7. O CINEMA COMO CÉREBRO: A MENTE E O CORPO

8. O CINEMA DIGITAL E A TEORIA DO CINEMA: O CORPO DIGITAL

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ÍNDICE

.