Pesquisa
Acesso
Login:
Senha:

Newsletter

SE JÁ ERA BOM LER O QUE ELE PENSA, IMAGINA ENTÃO OUVIR...


Ensinar, cantar, aprender reúne aforismos de Rubem Alves e traz CD com causos do autor e músicas de Marcílio Menezes

Aforismos são aqueles textos curtos que, em poucas palavras, trazem uma reflexão de natureza prática ou moral. Ou, em uma definição menos "dicionaresca", são aquelas frases de impacto que gostaríamos de ter pensado ou, no mínimo, dito.

E o escritor e filósofo Rubem Alves disse muitos, agora reunidos em Ensinar, cantar, aprender, lançamento da Papirus Editora. O livro vem com um CD no qual o próprio Rubem conta causos, intercalados pelas músicas do cantor e compositor Marcílio Menezes.

Nas 96 páginas do livro estão distribuídos cerca de 90 aforismos, alguns acompanhados de ilustrações. Falando em especial sobre educação, as frases mostram Rubem em sua melhor forma, como comprovam os aperitivos a seguir:

"Há cursos de oratória. Não há cursos de escutatória. Todos querem aprender a falar. Ninguém quer aprender a escutar."

Não me consta que o Kama Sutra tenha sido escrito por um professor de anatomia. Não conheço gramático que tenha feito literatura. Gramática se faz com palavras mortas. Literatura se faz com palavras vivas. Para fazer amor com os livros é preciso esquecer da gramática e aprender a música das palavras. Literatura é música."

"Muitos pensam que o problema da educação no Brasil é a falta de recursos. É verdade que há falta de recursos. É mentira que se eles vierem a existir a educação vai ficar inteligente. Cozinha que faz comida ruim não se transforma em cozinha que faz comida boa pela compra de panelas importadas. Culinária se faz com sonho. Educação se faz com sonho."

No CD que acompanha Ensinar, cantar, aprender, Rubem fala um pouco sobre o próprio livro e conta causos que marcaram sua vida. Entre os causos, músicas de Marcílio Menezes e entre as músicas, mais causos. O cantor e compositor Marcílio Menezes é mineiro radicado em Campinas e tem um repertório que passeia do popular ao erudito.

As músicas do CD foram escolhidas para combinarem com os temas dos causos. Em um dos últimos aforismos contidos no livro, Rubem diz o seguinte:

"Sonho com o dia em que as crianças que lêem meus livrinhos não terão de grifar dígrafos e encontros consonantais e em que o conhecimento das obras literárias não será objeto de exames vestibulares: os livros serão lidos pelo simples prazer da leitura."

Ensinar, cantar, aprender com certeza é um grande passo rumo a esse sonho, pois ao mergulhar em suas páginas será impossível não sentir o prazer da leitura.

.