Pesquisa
Acesso
Login:
Senha:

Newsletter

A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE HISTÓRIA

A aprendizagem da história deve se basear não apenas na leitura de livros, mas também na vivência da mesma. E para que isso aconteça, é essencial para o professor possuir uma formação adequada. É com essa premissa que a Papirus Editora lança o livro Espaços de formação do professor de história, organizado por Selva Guimarães Fonseca e Ernesta Zamboni. A obra possui dez textos, que trazem reflexões sobre diversas experiências de formação inicial e continuada de professores de história. O ponto alto do livro está no material que fala do ensino dessa disciplina em Portugal, Espanha e Argentina.

"O conhecimento, a troca de experiências entre sujeitos atuantes em diversos espaços contribuem para o diálogo, o enriquecimento, a melhoria da qualidade da formação e o incremento da pesquisa na área", explica Selva, que aponta como públicos-alvo da obra professores e formadores de professores de história, graduandos e pós-graduandos em educação e história, pesquisadores, gestores educacionais, pedagogos e educadores em geral. Selva também garante que a falta de formação adequada dos professores de história pode impactar negativamente no ensino de três formas. "O primeiro impacto é o desestímulo, a desmotivação, o desinteresse e a desvalorização da história pelos alunos, pais e educadores. O segundo é o desenvolvimento de uma concepção auto-excludente da história. O terceiro impacto é a não preparação para a cidadania, pois o indivíduo que não conhece a sua história, a história de seu país, não se sente sujeito dela, não age, não participa, não atua como um verdadeiro cidadão na sociedade", enumera.

.