Pesquisa
Acesso
Login:
Senha:

Newsletter


LANÇAMENTOS DE NATAL DA PAPIRUS: LIVRO É O PRESENTE IDEAL!

A Papirus Editora e a Papirus 7 Mares fizeram uma seleção especial de livros que são excelentes opções de presente para este Natal. Pessoas que gostam de viajar, ver filmes, apreciar vinhos e poesia irão encontrar livros com conteúdo excelente, acabamento excepcional e arte maravilhosa. Veja abaixo o que a Papirus preparou para você:


A nova edição de A arte da degustação - Poucas coisas são tão prazerosas quanto degustar um bom vinho. Ao menos é o que pensam Antonio Calloni, Ignácio de Loyola Brandão, Frei Betto, Fernando "Xuxa" Scherer, Suzamara Santos e milhões de pessoas menos conhecidas, mas que também cultivam o hábito de saborear o presente de Baco à humanidade. Infelizmente nem todos podem escrever um livro com suas impressões sobre a degustação... ou podem? Essa é a proposta inovadora de A arte da degustação: Livro de anotações, obra organizada por Fernando Cornacchia e lançada pela 7 Mares. "Degustar é beber pensando. Todos podem praticar essa arte tão gostosa para o seu próprio prazer, bastando para isso aprender algumas técnicas e diferenciações essenciais. Pensamos então em fazer um livro que fosse bonito e prático, que trouxesse informações técnicas, mas também tivesse espaço para impressões pessoais de seu leitor", diz Cornacchia. Para atingir esse objetivo, a obra traz um texto sobre técnicas de degustação escrito por Arthur Azevedo, um dos maiores especialistas em vinho do Brasil e ex-presidente da Associação Brasileira de Sommeliers - São Paulo. O ator e escritor Antonio Calloni, a jornalista Suzamara Santos, o atleta Fernando Scherer, o teólogo Frei Betto, o educador Mario Sergio Cortella e o escritor Ignácio de Loyola Brandão contam como acharam suas verdades no vinho. "Trata-se de uma obra interativa e única, porque só fica pronta depois de receber os escritos do leitor", conclui Cornacchia.


O ator poeta - Antonio Calloni é um rosto mais que conhecido na televisão. É também, não necessariamente nesta ordem, ator de teatro, escritor, apreciador de vinhos, pai, marido, devoto de Santo Antônio, criador de coelhos, pescador amador, fã de Star wars, datilógrafo e freqüentador relativamente assíduo de sessões de psicanálise. Mesmo com todas essas atividades, Calloni ainda acha tempo para fazer poesia, como mostra seu segundo livro na área: Paisagem vista do trem, lançamento da Papirus 7 Mares. Como isso é possível? "Não falta inspiração para quem está permeável à vida. E isso, infelizmente, não é tão simples quanto parece. O Tempo, como todos nós sabemos, é um orixá poderoso. Se a gente for legal com Ele, Ele pode ser legal com a gente", responde o sempre simpático Calloni, cujos poemas chamaram a atenção de gente graúda na área literária, como Moacyr Scliar.

.