Pesquisa
Acesso
Login:
Senha:

Newsletter



Criatividade + inovação = Multidisciplinaridade de pensamentos e ações


Quando buscamos na literatura informações sobre criatividade, encontramos sempre obras que trazem conceitos teóricos e técnicas para ser criativo nas artes ou no trabalho. Porém, tanto a criatividade quanto a inovação têm implicações e aplicações muito mais abrangentes, incluindo a área pessoal, e é preciso que haja uma visão multidisciplinar para falar sobre esses dois tópicos. É essa a proposta que a Papirus Editora traz em seu lançamento Da criatividade à inovação.

O livro foi organizado por Zula Garcia Giglio, Solange Muglia Wechsler e Denise Bragotto, e todos os textos são de membros da Associação Brasileira de Criatividade e Inovação (Criabrasilis). "Reúne contribuições de profissionais brasileiros altamente qualificados para discutir os dois temas dentro da nossa realidade", explicam as organizadoras. Os autores possuem diferentes abordagens do desenvolvimento da criatividade. Entretanto, ao longo da leitura do livro, percebe-se que há uma coerência interna na base dos conceitos usados.

São 11 textos, divididos em duas partes, que dão visões diferentes sobre a criatividade e a inovação. A primeira parte é voltada para a base conceitual, direcionada para a compreensão da criatividade nas suas mais diferentes dimensões. Já a segunda está orientada para a inovação, trazendo exemplos e estratégias para desenvolvê-la. Há inclusive um capítulo dedicado exclusivamente à criatividade na terceira idade. "O livro foi organizado para ser lido na ordem que melhor convier ao leitor, uma vez que os capítulos falam por si, são independentes, com notas e bibliografias próprias, para facilitar ao leitor uma ideia da esfera conceitual em que respirou cada autor", informam as organizadoras. Essa obra pretende desmitificar a criatividade, muitas vezes compreendida como algo subjetivo e difícil de atingir, e também demonstrar a sua importância e implicação direta no processo de inovação. "Embora a Lei da Inovação já tenha sido promulgada no Congresso há três anos, ainda há pouco entendimento sobre o que é realmente inovar. Pretendemos nesse livro fazer a ponte ou elo entre os conceitos de criar, inovar e agir", finalizam.

.