Pesquisa
Acesso
Login:
Senha:

Newsletter

É hora de se mexer!



Há quase 20 anos, as crianças não tinham celular, computador, videogames ultramodernos ou televisão a cabo - a diversão consistia em sair à rua e brincar até o anoitecer. Hoje, por causa de fatores como a violência e a falta de espaço nas residências e nas escolas, essas atividades foram substituídas pelos brinquedos eletrônicos, pela TV ou até mesmo por um "fazer nada" dentro de casa, o que pode causar obesidade e prejudicar o desenvolvimento motor da criança - especialmente a coordenação motora global e fina. Para que as crianças sejam saudáveis, é essencial que as escolas e os pais realizem com elas atividades que mexam com o corpo. Não apenas na educação física, no caso do colégio, mas também no dia a dia, em casa, é possível incentivar as atividades motoras. E agora os professores e pais têm um aliado. Trata-se do livro Movimente-se! Brincadeiras e jogos para o desenvolvimento da coordenação motora, de Sílvia Marina Guedes dos Reis (foto ao lado), lançamento da Papirus Editora.

A proposta da obra, segundo sua idealizadora, é trazer a professores, pais e profissionais de recreação ideias de atividades que desenvolvam a coordenação motora da criança e fortaleçam a sua musculatura. Embora as brincadeiras e os jogos tenham como foco crianças da educação infantil e das 1ª e 2ª séries do ensino fundamental, eles podem ser adaptados para o desenvolvimento de alunos mais velhos. "Toda atividade deve ser desafiadora, e não pode ser nem muito fácil nem muito difícil para a faixa etária a que se destina, sob o risco de desestimular os alunos e não atingir os objetivos a que se propõe", explica Sílvia, que afirma que o livro vai além da questão da coordenação motora. "Nos dias atuais, as crianças estão cada vez mais sedentárias. Por isso a obra visa também conscientizar educadores e pais da necessidade intrínseca da criança de se movimentar, para que se desenvolva harmoniosamente. É preciso permitir que as crianças se movimentem, quer seja em casa ou na escola, e criar condições para isso", esclarece.

São mais de 40 sugestões de atividades, além de explicações sobre alguns aspectos do desenvolvimento físico e motor da criança. O livro traz também orientações e informações sobre inteligência corporal, respiração e relaxamento e músicas e parlendas que podem ser usadas como sugestões de jogos. "É por meio do corpo que a criança, desde seu nascimento, conhece a realidade e interage com as pessoas ao seu redor. Ele é o ponto de partida e sua referência", completa Sílvia.

.