Pesquisa
Acesso
Login:
Senha:

Newsletter



E mais:

Cuidado, afeto e limites: Uma combinação possível (Ivan Capelatto e José Martins Filho): Garotos de classe média alta espancam doméstica. Jovem manda sequestrar a própria irmã de cinco anos. Notícias como essas geram dúvidas e mais dúvidas: ser amigo ou ser pai? Como dar limites e possibilitar que a criança tenha liberdade? Como falar com os filhos sobre drogas e sexo? Quando é hora de os filhos saírem de casa? Criar filhos hoje em dia não é fácil, principalmente se os pais possuem jornadas duplas ou triplas de trabalho. Nessa hora, o melhor é poder contar com a ajuda de profissionais com anos de experiência. A Papirus 7 Mares convidou o psicólogo clínico Ivan Capelatto e o pediatra José Martins Filho para debater o tema, contando casos reais.


Queria brincar de mudar meu destino (Gilvã Mendes): Um rapaz pobre, negro, paraplégico, com muitos irmãos, pais com constantes problemas financeiros e amorosos e sem sequer ter acesso à escola. Muita gente consideraria a soma desses fatores como obstáculo intransponível para o sucesso. Mas não Gilvã Mendes. Assim como seus ídolos Martin Luther King e Machado de Assis, que venceram na vida apesar de inúmeras adversidades, Gilvã superou todas as improbabilidades que a vida lhe pôs na frente e conta sua trajetória em seu primeiro livro, lançado pela Papirus Editora com o apoio do jornalista Gilberto Dimenstein.


A biblioteca no porão: Livros autores e outros seres imaginários (Eustáquio Gomes): Um velho cronista, precisando de um quarto livre para abrigar o avô, se muda para o porão de sua casa e leva junto o que tem de mais precioso: a biblioteca. Lá, ele se dedica a registrar suas impressões sobre o mundo que o cerca e sobre os livros que lê. Assim começa A biblioteca no porão: Livros, autores e outros seres imaginários, obra do jornalista Eustáquio Gomes, que traz 44 crônicas sobre o universo da literatura.


Roteiro de documentário: Da pré-produção à pós-produção (Sérgio Puccini): Muitas pessoas não compreendem bem o que é um filme documentário e como produzi-lo, se há roteiro ou se basta sair com uma câmera na mão, uma ideia na cabeça e filmar o que encontrar pela frente. Uma das prováveis causas disso é a ausência de obras no mercado brasileiro que se dediquem a falar sobre roteiros de documentários. Com o objetivo de suprir essa demanda, a Papirus Editora lança Roteiro de documentário: Da pré-produção à pós-produção, escrito por Sérgio Puccini.

.