Pesquisa
Acesso
Login:
Senha:


FEV/2016 - "INTRODUÇÃO AO DOCUMENTÁRIO" GANHA NOVA EDIÇÃO NO BRASIL

Obra original de Bill Nichols surge ampliada e com diversas passagens revisitadas

Introdução ao documentário (Papirus Editora, 336 pp., R$ 84,90) foi o primeiro livro de Nichols traduzido para o português. Nessa nova edição, o autor volta-se para as bases já firmadas na primeira edição, estabelecendo nuances e aprofundando temas com novos filmes que se destacaram recentemente.

"Além da atualização da filmografia, encontramos na nova edição um diálogo ativo com os horizontes da mídia digital e suas determinações para a forma narrativa", explica Fernão Pessoa Ramos no Prefácio. "A exposição, de modo geral, sustenta-se na visão de um dos principais críticos da atualidade, embasada na convivência intensa não só com o documentário, mas igualmente com seus principais cineastas", continua ele.

A partir de uma série de perguntas, Introdução ao documentário examina em detalhes essa forma fascinante de fazer cinema. "As perguntas compreendem questões de definição, ética, conteúdo, forma, modos e política. Porque abordam o mundo em que vivemos e não um mundo imaginado pelo cineasta", comenta Bill Nichols na Introdução da obra. Segundo o autor, "os documentários diferem de maneira significativa dos vários gêneros de ficção (ficção científica, terror, aventura, melodrama etc.). Eles são baseados em suposições diferentes sobre propósito, envolvem um tipo de relação diferente entre o cineasta e seu tema e inspiram expectativas diversas no público".

Nessa edição, Nichols dedicou um novo capítulo aos dilemas de "como definir um documentário" e reformulou amplamente todos demais, para discutir novos trabalhos e tendências. São mais de cem filmes documentários lançados depois da primeira edição, novas fotografias de filmes e uma lista ampliada de distribuidores, além de tratar de forma mais abrangente os seis modos do documentário: expositivo, poético, observativo, participativo, reflexivo e performativo.

Destinado a professores e estudantes de cinema, cinéfilos e pesquisadores, esse livro fornece uma súmula do pensamento sobre documentário, traçada por um dos intelectuais mais influentes da academia norte-americana contemporânea na área de estudos cinematográficos e apresenta uma estrutura ligeiramente diferenciada, com uma exposição mais expandida e nuançada dos modos.


.